• Um mês de Concordeounão. Obrigado a todos!
Tecnologia do Blogger.

Mais um de Fernando Pessoa.
Autor: Iago Oliveira



Posso ter defeitos, viver ansioso
e ficar irritado algumas vezes mas
não esqueço de que minha vida é a
maior empresa do mundo, e posso
evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale
a pena viver apesar de todos os
desafios, incompreensões e períodos
de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos
problemas e se tornar um autor
da própria história. É atravessar
desertos fora de si, mas ser capaz de
encontrar um oásis no recôndito da
sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã
pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios
sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um "não".

É ter segurança para receber uma
crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho?

Guardo todas, um dia vou construir
um castelo.

Photo

sábado, 17 de julho de 2010

às 14:35


Marcadores:

15 comentários:

17 de julho de 2010 14:48
Permalink this comment

disse...

O melhor é o final:
"Pedras no caminho?

Guardo todas, um dia vou construir
um castelo. "

17 de julho de 2010 14:52
Permalink this comment

disse...

Também gostei do final, bem conhecido. Vejo muita gente falando isso.

disse...

Como eu já disse antes, Fernando Pessoa é "o cara". E esse papinho de frescurite aguda de algumas pessoas não faz, nem nunca fez ning ir para frente!
É preciso ser guerreiro!
Quer felicidade? Lute por ela?
Quer uma vida melhor? Faça a sua vida ser melhor!
Caiu? Levante-se!
Fracassou? Recomece!
E sem frescuras por o Sol nasce todos os dias mesmo depois das noites mais geladas!
Bjks

17 de julho de 2010 15:05
Permalink this comment

disse...

Bom comentário, Clarice. Se empolgou! kkkk

17 de julho de 2010 18:54
Permalink this comment

disse...

Sou do blog: http://loukurasnaweb.blogspot.com/

To seguindo também! ^^

abç. @ronaldoo_

17 de julho de 2010 19:04
Permalink this comment

disse...

Valeu, Ronaldo. Abraço!

17 de julho de 2010 19:12
Permalink this comment

disse...

Sempre me agradou a força de Pessoa...
O final deste poema mostra bem isto![
;D

17 de julho de 2010 19:51
Permalink this comment

disse...

Obrigado pela visita, Karla.

17 de julho de 2010 23:03
Permalink this comment

disse...

super conheçido esse poema..
*-*

18 de julho de 2010 00:38
Permalink this comment

disse...

sempre achei que ele parece o Santos Dumond

18 de julho de 2010 00:45
Permalink this comment

disse...

Boa observação.

18 de julho de 2010 01:18
Permalink this comment

disse...

ótimo blog brother, to seguindo ;D

abraxx inté

18 de julho de 2010 01:19
Permalink this comment

disse...

Valeu Paulinho. Abraço!

18 de julho de 2010 01:24
Permalink this comment

disse...

Simplesmente Fernando Pessoa.
Não há o que dizer.
Parabéns pelo bom gosto.

18 de julho de 2010 01:30
Permalink this comment

disse...

Obrigado!
Volte sempre.