• Um mês de Concordeounão. Obrigado a todos!
Tecnologia do Blogger.

O caso do pescador.
Autor: Iago Oliveira

Exame confirma que pescador é pai 'filhos-netos' no Maranhão.
Segundo delegada, ele teve sete bebês com uma filha. Filha mais velha também teve uma criança.

A polícia recebeu, nesta segunda-feira (19), os exames de DNA que comprovam que um pescador de Pinheiro, no Maranhão, é realmente o pai de sete "filhos-netos" que teve com a filha de 28 anos.

A delegada Laura Melo Barbosa explicou aoG1 que o pescador, de 54 anos, ainda é pai do filho da filha mais velha, de 31 anos, que já não morava mais com ele. A polícia vai anexar os exames no inquérito que já foi para a Justiça.

“Amanhã [terça-feira 20] vou encaminhar os resultados logo cedo para a vara onde está tramitando o processo”, afirmou a delegada. "Ele é pai das duas filhas e pai das oito crianças que nasceram desses relacionamento. Esse resultado já era esperado, mas como ele negava ser o pai do mais velho, essa é a prova definitiva."

O pescador permanece preso em Pinheiro.


ENTENDA O CASO:

O pescador foi preso no dia 8 de junho por manter a filha de 28 anos em cárcere privado, em uma casa de dois cômodos no povoado de Extremo, em Pinheiro (MA). No local, só é possível chegar usando canoas. O caso foi descoberto após denúncia anônima feita durante uma passeata contra a pedofilia, na capital maranhense, no fim de maio deste ano.

Segundo a Polícia Civil, o pescador teria tido os sete filhos com a filha do primeiro casamento, que hoje tem 28 anos. Ele também seria pai de uma criança que teve com a filha mais velha, de 31 anos

Todas as crianças estavam com cabelo repleto de piolhos quando foram encontradas e apresentaram sinais de desnutrição. Uma delas é portadora de deficiência auditiva e nunca havia tido acompanhamento médico.

Segundo a delegada Laura Melo Barbosa, ele responde pelos crimes de estupro de vulnerável, abandono material, abandono intelectual, maus-tratos e cárcere privado.

De acordo com a investigação, o pescador estuprou uma das duas "filhas-netas". A vítima, de 5 anos, teve rompimento parcial do hímen, laceração da mucosa genital e apresenta discreto sangramento, segundo laudo pericial. Outra "filha-neta" examinada, de 8 anos, teria dito à polícia que sofreu abuso sexual, mas o laudo não revelou lesões no corpo dela.

Pelo amor de Deus, alguém me explica como um ser humano tem coragem de fazer isso? O que se passa na cabeça de uma pessoa como essa? Cadê a pena de morte para um miserável desse? Como esse cara consegue colocar a cabeça no travesseiro para dormir? Será que ele não pensa no que faz?

Deixe sua opinião.

Photo

segunda-feira, 19 de julho de 2010

às 21:50


Marcadores:

8 comentários:

19 de julho de 2010 22:00
Permalink this comment

disse...

Meu Deus que horror, é muita crueldade pra uma pessoa só, velho nojento.

19 de julho de 2010 22:02
Permalink this comment

disse...

É muito ridículo ver um desgraçado desse vivo.

19 de julho de 2010 22:24
Permalink this comment

disse...

Que absurdo isso!

19 de julho de 2010 22:36
Permalink this comment

disse...

Demais. =/

20 de julho de 2010 10:47
Permalink this comment

disse...

Não dá para compreender por que diabos alguém faria isto?!
Um verdadeiro absurdo!!!
;P

20 de julho de 2010 12:28
Permalink this comment

disse...

Realmente não dá.

20 de julho de 2010 14:32
Permalink this comment

disse...

Não nem tem o que dizer. Já não me é supresa casos assim no mundo em que vivemos.
Podemos relevar que isso é doença, afinal esse homem é um maníaco, mas antes de acabar com a vida das filhas deveria procurar tratamento, vc ter uma doença é perfeitamente aceitável, mas quando vc tem e ñ procura tratamento e ainda prejudica pessoas do seu próprio sangue é um completo absurdo.

20 de julho de 2010 14:41
Permalink this comment

disse...

Falou tudo, Bya.